miércoles, 28 de enero de 2015

soy quien fallé ser

Ah, quem escreverá a história do que poderia ter sido?
Será essa, se alguém a escrever,
A verdadeira história da humanidade.
O que há é só o mundo verdadeiro, não é nós, só o mundo;
O que não há somos nós, e a verdade está aí.
Sou quem falhei ser.
Somos todos quem nos supusemos.
A nossa realidade é o que não conseguimos nunca.

7-12-1933
 "Pecado original", Poesias de Álvaro de Campos. Fernando Pessoa

¿Quién escribirá la historia de lo que pudo haber sido? 
Yo que soñaba despierto ya no sueño dormido
con quién estarás ahora 
quién te va a dar de comer
en el día mundial de la mujer.

"El día mundial de la mujer", Andrés Calamaro, Honestidad brutal

No hay comentarios: